Acções do Documento

Open Innovation - um conceito para o século XXI

O modelo Open Innovation tem ganho uma importância crescente no contexto da Nova Economia. Por que razão?

O conceito de open innovation descreve um novo paradigma para a gestão da inovação no século XXI. Introduzido pelo autor Henry Chesbrough, na sequência da sua pesquisa sobre práticas de inovação em empresas multinacionais, o modelo open innovation contrasta com o anterior modelo - closed innovation - no qual a integração vertical das empresas, sendo dominante, bloqueava o fluxo de informação entre as mesmas, criando uma espécie de jogo de soma zero.

No modelo closed innovation, imperava a "empresa-fortaleza", fechada sobre si mesma. Ora, no actual contexto, marcado pela globalização, pela competitividade e pela mudança, a empresa-fortaleza dificilmente consegue sobreviver isolada, sobretudo, porque se torna cada vez mais difícil para as empresas manterem dentro das sua "muralhas" as inovações que geram. Face a este contexto em que o conhecimento galga fronteiras, o modelo da open innovation reconhece precisamente a proficuidade do estabelecimento de networks entre vários agentes: as empresas passam a colaborar entre si numa estrutura em rede, procurando gerar e/ou captar valor tanto interna como externamente, por exemplo, quer através da utilização e comercialização das suas próprias inovações tecnológicas, quer através do licenciamento da sua própria tecnologia a outras empresas ou ainda através da utilização de inovações geradas por outras empresas, mas que podem ainda assim, constituir uma mais-valia para o core-business da empresa aquisitora.


Closed vs Open Innovation Model

Princípios do Modelo Fechado de Inovação

  • Os trabalhadores mais competentes na área trabalham para nós.
  • Para lucrar com a I&D, temos de ser nós a descobrir o produto, o serviço ou o processo inovador, temos de ser nós a desenvolvê-los e temos de ser nós a comercilizá-los.
  • Se descobrirmos algo novo, temos de ser os primeiros chegar ao mercado.
  • Se criarmos não só mais como também as melhores ideias na indústria saíremos a ganhar.

Princípios do Modelo Aberto de Inovação

  • Nem todas as pessoas competentes na área trabalham para nós. Precisamos de trabalhar com pessoas competentes dentro e fora da nossa empresa.
  • A I&D externa consegue criar valor significativo: a I&D interna é necessária para reclamar uma parte desse valor.
  • Não temos de gerar investigação para lucrar com ela.
  • Construir um modelo de negócio mais consistente é melhor do que chegar primeiro ao mercado.
  • Se fizermos o melhor uso das ideias internas e externas, sairemos a ganhar.
  • Devemos lucrar com a utilização que outras empresas fazem da nossa Propriedade Intelectual (PI) e devemos adquirir a PI de outras empresas sempre que isso implique uma vantagem para o nosso modelo de negócio.

Fonte: http://www.openinnovation.net/

 

Modelo Closed Innovation
Modelo Open Innovation
Closed Innovation Open innovation
Fonte: http://www.quickmba.com/